22 Junho, 2024

Meo processa 180 TB de tráfego de dados na rede ao longo da semana

©Facebook\JMJ

A Meo processou 180 terabytes (TB) na rede, que incluem as redes ‘wired’, ‘wifi’ e rede móvel e foram realizados mais de 3,2 milhões de minutos de chamadas, no âmbito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

De acordo com informação hoje divulgada pela operadora da Altice Portugal, a Meo, que foi parceira do evento, assegurou rede a 1,5 milhões de peregrinos que estiveram na última semana em Lisboa.

“‘Ligar as pessoas à vida’, o propósito da Meo, foi cumprido todos os dias e em todos os momentos em que o Papa Francisco convocou milhares de pessoas, culminando com cerca de um milhão e meio no Parque Tejo, o equivalente a três vezes mais do que a população da cidade de Lisboa”, refere a empresa.

No que respeita ao tráfego de dados, a Meo processou 180 TB na rede, que incluem as redes ‘wired’,’ wi-fi’ e rede móvel.

O tráfego móvel processado foi de 150 TB, cerca de “30% pela rede 5G da Meo”, adianta.

“o volume de tráfego registado na rede móvel, no período do evento, corresponde a três vezes o valor do volume do período homólogo no mês de julho”, registando um “crescimento de 108% em volume de tráfego de ‘roaming’ e 135% em débito pico, face ao início do mês” passado.

A Meo salienta que “mais de 3,2 milhões de minutos de chamadas [foram] realizadas”.

Em termos de velocidade da rede 5G Meo, a média de débitos foi de 400 Mbps de ‘download’, “numa área de 100 hectares, equivalente a 100 campos de futebol”.

Relativamente aos dados da app TV Meo, foram registados “mais de 65 mil acessos” através da televisão e “mais de 46 mil acessos às transmissões em direto”.

Entre 01 e 06 de agosto, “a operação global de ‘streaming’ da JMJ no Sapo registou mais de 210 mil visualizações, perto de um milhão de minutos, abrangendo quatro pontos principais de transmissão”, prossegue.

As transmissões do Sapo “foram acedidas um pouco por todo o mundo, totalizando um universo de 150 países e a área do SAPO “dedicada à JMJ, em www.sapo.pt, contou, desde o arranque, no final de julho, com mais de 270 mil ‘pageviews'”

Sobre a aplicação móvel oficial da JMJ Lisboa 2023 disponibilizada pela Meo, e desenvolvida pela Bliss Applications, esta registou mais de 280 mil ‘downloads’.

O ‘site’ JMJ Lisboa 2023, também disponibilizado pela Meo, “contou com mais de 2.3 milhões de visitantes desde o seu lançamento, em janeiro de 2023” e entre 01 e 06 de agosto “registaram-se mais de 840 mil utilizadores, com Portugal, Espanha, Itália, França e Brasil no top 5 dos países com maior número de acessos”.

Esta “megaoperação tecnológica da Meo decorreu ao longo de mais de um ano e meio, tendo envolvido mais de três centenas de pessoas” e registado, no final, um “resultado excecional, sem o reporte de qualquer incidência ao nível tecnológico e de redes”.

A JMJ, que decorreu entre 01 de agosto e domingo, teve participação de cerca de 1,5 milhões de pessoas nos vários eventos que decorreram no Parque Eduardo VII, na zona de Belém e no Parque Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures.

O Papa Francisco, o primeiro peregrino a inscrever-se na JMJ, chegou a Lisboa na quarta-feira e partiu no domingo para Roma, depois de ter estado cinco dias em Portugal.

A Jornada, cuja próxima edição decorrerá em 2027 em Seul, é considerada o maior acontecimento da Igreja Católica.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados