21 Julho, 2024

União Europeia foi região do planeta que mais refugiados recebeu desde 2020

A União Europeia (UE) é a região do planeta que recebeu mais refugiados desde 2020, de acordo com o Atlas para as Migrações, hoje divulgado, em parte pela fuga de quase quatro milhões de ucranianos da guerra.

© D.R.

De acordo com o Atlas para as Migrações, divulgado pela Comissão Europeia no Dia Internacional dos Migrantes, entre 2020 e 2023 o número de refugiados a entrar na UE aumentou 173%.

Em 2023 havia 36,4 milhões de refugiados no mundo inteiro, mais dez milhões do que há três anos, e 20% encontravam-se na UE.

Este ano a UE contabilizou 7,3 milhões de refugiados no território dos 27 Estados-membros, mais de quatro milhões provenientes da Ucrânia, por causa da invasão da Rússia.

Em África há um número disperso de 7,7 milhões de refugiados e na Ásia o número é de cerca de 15 milhões.

O relatório divulgado pela Comissão também dá conta de que em quase dez anos houve um crescimento gradual do número de vistos de residência e em 2022 era de mais de 3,4 milhões – em 2013 havia 1,6 milhões.

A Polónia foi o país que mais vistos emitiu em 2022 (700.264).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados