13 Abril, 2024

Encargos do Estado com juros sobem 23,3% em 2023

A despesa do Estado com juros subiu 23,3% em 2023, ascendendo a 5.752 milhões de euros, e interrompeu a tendência decrescente iniciada em 2015, de acordo com os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

© D.R.

No ano passado, a fatura do Estado com juros aumentou 1.019 milhões de euros face a 2022, quando registou um encargo de 4.664 milhões de euros.

O aumento dos encargos com juros interrompe a tendência decrescente iniciada em 2015, depois de ter atingido 8,4 mil milhões de euros em 2014.

A despesa total das Administrações Públicas subiu de 5,2% entre 2022 e 2023, com o crescimento de 11,1% da despesa de capital e de 4,6% na despesa corrente.

Para o aumento da despesa corrente contribuíram de forma significativa as remunerações dos empregados (crescimento de 7,6%, em 1.962 milhões de euros) e a despesa com juros, refletindo “as medidas de valorização dos rendimentos e carreiras dos trabalhadores em funções públicas, iniciadas em 2023 e a subida considerável das taxas de juro”.

No caso das prestações sociais, exceto transferências sociais em espécie, o aumento foi de 1.649 milhões de euros, correspondendo a uma taxa de crescimento de 4,1%, refletindo as atualizações das pensões enquadradas no regime geral da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações, bem como o aumento no número de pensionistas, indica o INE.

Entre 2022 e 2023, a receita total aumentou 9%, ascendendo a 115.621 milhões de euros, impulsionada pelo aumento de 8,1% da receita corrente (mais 8.508 milhões de euros).

 

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados