23 Maio, 2024

Presidente do Parlamento Europeu em Lisboa para contrariar abstenção

A presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, visita hoje Portugal para apelar ao voto nas eleições europeias de 09 de junho, reunindo-se com o primeiro-ministro e o Presidente, além de receber um ‘honoris causa’ da Universidade de Lisboa.

© D.R.

 

O programa oficial da visita da líder do Parlamento Europeu a Lisboa começa, às 10:30, com a atribuição do grau de doutor ‘honoris causa’ em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

De seguida, a política maltesa terá uma reunião de trabalho com o presidente da Assembleia da República, José Pedro Aguiar-Branco. Ao início da tarde, Metsola é recebida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e, depois pelo chefe do Governo, Luís Montenegro, a que se seguirá uma conferência de imprensa.

Fora da agenda oficial, a presidente do Parlamento Europeu encontra-se com o líder do PS, Pedro Nuno Santos.

Roberta Metsola está, desde o início do ano, a deslocar-se aos Estados-membros da União Europeia (UE) para fazer apelo ao voto contra a abstenção, iniciativa na qual se enquadra esta deslocação a Portugal.

“Portugal é um país onde me sinto sempre em casa. Estou grata por estar de volta, para sensibilizar as pessoas para as próximas eleições para o Parlamento Europeu, em junho, e para encorajar os portugueses, especialmente os jovens, a votar”, afirmou a presidente da assembleia europeia numa declaração enviada à agência Lusa.

Salientando que Portugal é um país pró-europeu, a responsável europeia defendeu que “os portugueses têm um elevado nível de reconhecimento do papel que a Europa desempenha nas suas vidas e é importante que o expressem claramente no dia das eleições europeias, (…) a Europa conta com todos”, apelou ainda a responsável, na declaração à Lusa.

As eleições europeias realizam-se nos 27 países da UE entre 06 e 09 de junho.

Em Portugal, estão marcadas para 09 de junho e, numa entrevista à Lusa publicada em setembro passado, Roberta Metsola admitiu a realização das eleições europeias nessa altura “é um desafio” para o país, por estarem coladas a feriados, podendo aumentar a abstenção.

Ainda assim, defendeu que a afluência depende da campanha que será realizada.

Mais de metade dos portugueses desconhece a data das eleições europeias de 09 de junho, mais do dobro da média europeia, revelou na quarta-feira o Eurobarómetro, que indicou, porém, que 51% estão interessados no sufrágio.

De acordo com o Eurobarómetro, o último antes das eleições europeias, 57% dos portugueses desconhece a data das eleições no país.

Em dezembro passado, Roberta Metsola deslocou-se a Lisboa para intervir num debate da Fundação Francisco Manuel dos Santos sobre participação política dos jovens e para discursar no Conselho Estratégico Nacional do PSD.

Roberta Metsola foi eleita em janeiro de 2022, tornando-se na presidente do Parlamento Europeu mais jovem de sempre e a terceira mulher no cargo desde as primeiras eleições europeias, em 1979.

Hoje com 45 anos, é também a primeira cidadã de Malta a presidir ao Parlamento Europeu.

Nuno Valente

Nuno Valente

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados