22 Junho, 2024

Os valores da família

© Folha Nacional

A Família é o pilar basilar da sociedade, embora não a vejam desta forma. Na realidade a Família é mais complexa do que possa imaginar. E ao falar de família, falo de união entre Homem e Mulher.  Verdade seja dita que a vida familiar, no seu papel de célula-base, onde a natureza é a educação e a introdução do indivíduo na sociedade, bem como na sua vida pessoal em que os valores representados de direitos e deveres, lhe permite um sentido de respeito, harmonia e total prosperidade na sociedade. Não cabe ao estado substituir as famílias daquele o que é um seu direito e dever. A educação pertence aos pais o ensino às escolas, não há dúvidas. 

Só que há! Os pais têm se ausentado do seu papel, permitindo que o Estado inverta os papeis, colocando desde o pré-escolar questões de poder, do ser, e onde a ideologia do género de uma forma galopante tem vindo a destruir os valores, onde indivíduo não respeita o papel da família, para se tornarem seres individualistas e consumistas. Isto são políticas de esquerdas, «a nova ordem mundial», que estão implementadas nas escolas e os pais não sabem, alguns não querem saber e outros que estão de tal forma absorvidos na luta diária de sobrevivência que não têm sequer tempo para saber, o que se passa na escola, quais os temas debatidos?  

Se permitirmos o crescimento desta política de ideologia do género, a sociedade está em causa, viver num individualismo, onde os indivíduos preferem ter cães/gatos a filhos, onde a propaganda à transição de sexo, aos inúmeros géneros que estão a ser iluminados, (não existem biologicamente) a procriação está em causa.  Não há um desenvolvimento da sociedade e crescimento da mesma. Se nos calarmos, uma família Pai, Mãe e filhos será uma aberração. Não Aceito.  A FAMILIA é o pilar da sociedade, ponto.  

Devemos de cuidar das nossas famílias, criar meios e flexibilidade junto do Estado, para que haja uma melhor gestão familiar. Como a hipótese de a mãe poder educar os seus filhos até a idade escolar, sem que haja falha financeira. As empresas permitirem horários flexíveis, para acompanhamento de familiares, quer a consultas e eventos escolares. São necessários indivíduos fortes, com bases e valores fortes com opiniões, com retaguarda forte, que lhe permita pensar por si e evoluir na sociedade sem medo do politicamente correto. Precisamos de criar indivíduos autónomos, que não engulam verdades alheias. 

Precisamos urgentemente de reconstruir os valores da Família.

Alerta! A Família é chamada a Combater!

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados