24 Setembro, 2023

Portugal regista em 2022 défice comercial “mais elevado desde que há registos”

Pixabay

As exportações de bens aumentaram 23,1% e as importações 31,2% em 2022 face a 2021, tendo o défice da balança comercial atingido o valor “mais elevado desde que há registos”, divulgou hoje o INE.

“O défice da balança comercial atingiu 30.783 milhões de euros em 2022, o mais elevado desde que há registos, o que representa um aumento de 11.256 milhões de euros face ao ano anterior e um decréscimo de 4,7 pontos percentuais na taxa de cobertura (71,8% em 2022, a mais baixa taxa de cobertura desde 2011)”, refere o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo os dados hoje divulgados, em 2022 as exportações somaram 78.326,1 milhões de euros e as importações ascenderam a 109.109,2 milhões de euros.

Excluindo ‘combustíveis e lubrificantes’, as exportações e as importações cresceram, respetivamente, 19,6% e 23,2% em 2022 (+16,9% e +18,6% em 2021, pela mesma ordem).

O défice da balança comercial excluindo ‘combustíveis e lubrificantes’ situou-se em 19.205 milhões de euros, aumentando 5.386 milhões de euros face a 2021.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados