21 Fevereiro, 2024

CP ajudica serviços de cafetaria e bar de comboios de longo curso à Newrail

© Folha Nacional

A CP – Comboios de Portugal anunciou hoje que adjudicou os serviços de cafetaria e bar nos comboios Alfa Pendular e Intercidades à empresa Newrail – Restauração e Serviços, após resolução do contrato com a Apeadeiro 2020.

Em comunicado, a empresa ferroviária explica que “esta decisão decorre da resolução do contrato que […] possuía com a Apeadeiro 2020, o que levou ao início de procedimento por urgência imperiosa na plataforma ACINGOV, a fim de selecionar uma nova empresa para prestar o serviço”.

O prazo para a submissão de propostas pelas empresas interessadas terminou na quarta-feira e a Newrail foi notificada hoje da adjudicação.

“A CP esteve sempre empenhada na solução desta situação, agindo de acordo com a lei e tomando todas as medidas possíveis”, pode ainda ler-se no comunicado.

A empresa considera que “é também lesada em todo este longo processo, pois sempre garantiu a pontualidade nos pagamentos de um serviço que não foi adequadamente prestado aos seus passageiros, causando transtorno aos seus clientes e prejuízos financeiros à CP”.

De acordo com a nota, a CP espera a normalização da situação “nos próximos dias”.

Na terça-feira, a CP avançou que existiam “cinco empresas interessadas” na exploração dos bares dos comboios de longo curso.

A concessão estava entregue à Apeadeiro 2020, mas o serviço estava suspenso há várias semanas, pois a concessionária deixou de pagar salários aos trabalhadores em fevereiro e anunciou que vai pedir a insolvência.

Face a esta situação, os trabalhadores estão em greve desde 01 de março e têm-se mantido em vigília nas estações de Campanhã, no Porto, e de Santa Apolónia, em Lisboa, reclamando que os seus salários e contratos sejam assegurados diretamente pela CP, pelo menos enquanto não houver um novo concessionário.

Em 03 de abril, a CP anunciou ter lançado uma consulta prévia para escolher um novo concessionário para os comboios de longo curso, depois da resolução do contrato com a Apeadeiro 2020, afirmando esperar que, “no prazo de duas a três semanas, o serviço de cafetaria e bar a bordo dos comboios Alfa Pendular e Intercidades seja retomado e a situação laboral dos trabalhadores envolvidos seja regularizada”.

“No intuito de proteger os direitos dos trabalhadores da anterior concessionária”, a transportadora referiu que “o caderno de encargos desta consulta prévia […] prevê […] que o novo adjudicatário pague aos respetivos trabalhadores quaisquer créditos laborais vencidos e não pagos pela Apeadeiro 2020”, referiu, na altura, a CP.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados