23 Maio, 2024

Dois concelhos de Faro e Castelo Branco em perigo máximo de incêndio

©Bombeiros.pt

Os concelhos de Tavira, no distrito de Faro, e Proença-a-Nova, em Castelo Branco apresentam hoje um perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também mais de 50 concelhos de Faro, Beja, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Coimbra, Viseu, Vila Real e Bragança em perigo muito elevado de incêndio.

Mais de 70 concelhos dos distritos de Faro, Évora, Beja, Lisboa, Leiria, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém, Viseu, Guarda, Vila Real e Bragança estão também hoje em perigo elevado de incêndio.

Desde o início do ano houve 2.252 fogos florestais e arderam 7.499 hectares em espaços rurais, de acordo com dados do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente tempo quente, com céu geralmente muito nublado, com boas abertas na região Sul, possibilidade de ocorrência de precipitação fraca e dispersa nas regiões Norte e Centro, vento fraco e descida da temperatura máxima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 11 graus Celsius (em Leiria) e os 17 (em Faro) e as máximas entre os 22 (no Porto e em Aveiro) e os 32 (em Évora e Beja).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados