24 Abril, 2024

Câmara de Almodôvar lança medidas de contenção para poupar água

© D.R.

A Câmara de Almodôvar, no distrito de Beja, lançou, no início desta semana, algumas medidas “de contenção do uso da água” para mitigar os efeitos da seca no concelho, revelou hoje o presidente do município.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara de Almodôvar, António Bota (PS), explicou que as medidas aplicadas consistem, “desde logo, no controlo da rega de espaços verdes públicos”.

A par disso, a autarquia alentejana vai também “disponibilizar o uso da água dos poços e dos furos públicos a todos os agricultores e produtores pecuários, que com os seus próprios meios poderão utilizar essa água”, acrescentou.

O concelho de Almodôvar é abastecido de água pela barragem do Monte da Rocha, no concelho vizinho de Ourique, que está atualmente com apenas 10% da sua capacidade máxima.

Uma situação que levou a autarquia “a ponderar a criação de uma ligação da barragem de Santa Clara [no concelho de Odemira] a um ponto de água em Almodôvar”, anunciou António Bota.

“Mas esse é um processo que vai levar um bocadinho de tempo”, reconheceu.

A ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, anunciou, em 08 de maio, ter assinado o despacho que reconhece a situação de seca severa e extrema em 40% do território nacional, no sul do país.

Em 10 de maio, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) divulgou que a situação de seca meteorológica se agravou em Portugal continental no mês de abril, estando 89% deste território em seca, 34% da qual em seca severa e extrema.

 

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados