12 Junho, 2024

Época balnear com “dispositivo completo” nas praias do litoral alentejano

© D.R

Um dispositivo composto por cerca de 50 nadadores-salvadores, alguns deles de nacionalidade estrangeira, vai garantir a vigilância das praias do litoral alentejano durante a época balnear que abriu, este fim de semana, apenas no concelho de Grândola.

“A época balnear arrancou no sábado nas praias do concelho de Grândola. Seguem-se Odemira, no dia 15, e os concelhos de Santiago do Cacém e Sines, no dia 17” deste mês, disse à agência Lusa o comandante da capitania do Porto de Sines, Luís Filipe Duarte.

De acordo com o responsável, este ano, a época balnear “vai abrir com o dispositivo completo” nas praias consideradas zonas balneares e, à semelhança do ano passado, vai contar com “cerca de 50 nadadores-salvadores”.

“A informação que tem sido passada pelos municípios é que os dispositivos legalmente previstos estão assegurados para a época balnear”, adiantou à Lusa.

Este ano, o dispositivo de nadadores-salvadores vai contar com alguns elementos oriundos da Argentina e do Brasil para vigiar as praias da costa alentejana.

“Os cursos que são feitos nesses países já têm uma pré-certificação em Portugal. De qualquer forma, eles fazem um exame de aptidão técnica para exercer a função”, explicou Luís Filipe Duarte.

Na costa alentejana, a vigilância será igualmente assegurada por elementos da “Polícia Marítima de Sines, da Estação Salva-Vidas de Sines e de Vila Nova de Milfontes, que é ativada durante a época balnear com pessoal em permanência, e dos militares da Marinha na vigilância motorizada e apeada”, especificou.

A vigilância abrange as praias sob jurisdição da capitania de Sines, entre Melides, no concelho de Grândola (Setúbal), e Carvalhal, em Odemira (Beja), e compreende um total de 92 quilómetros de costa.

Apesar do litoral alentejano ser “uma zona cada vez mais procurada” pelos turistas, o comandante da capitania de Sines garantiu que “o dispositivo que vai estar implementado é o adequado” e capaz de “dar resposta ao nível da afluência que se prevê maior do que no ano transato”.

Este ano, o dispositivo vai ser montado nas praias de Melides (Grândola), Fonte do Cortiço e Costa de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, Vasco da Gama, São Torpes, Vieirinha – Vale Figueiros, Grande de Porto Covo e Ilha do Pessegueiro, no concelho de Sines, no distrito de Setúbal.

No concelho de Odemira (Beja), as praias Malhão Norte, Malhão Sul, Farol, Franquia, Furnas Rio, Furnas Mar, Almograve Norte e Almograve Sul, Zambujeira do Mar, Alteirinhos, Carvalhal e praia fluvial de Santa Clara vão contar com a vigilância dos nadadores-salvadores.

A época balnear encerra no dia 17 de setembro nos concelhos de Sines, Odemira e Santiago do Cacém e em 01 de outubro no concelho de Grândola.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados