18 Maio, 2024

Olivia Chow bate Ana Bailão e torna-se ‘mayor’ de Toronto

© facebook/OliviaChowTO

A antiga deputada federal Olivia Chow foi eleita presidente da câmara municipal de Toronto, batendo a luso-canadiana Ana Bailão nas eleições intercalares, na segunda-feira à noite.

A nova ‘mayor’ foi eleita com 37,2% dos votos, quase 265 mil, com Bailão, antiga vice-presidente da autarquia, a obter 32,5%, ou 231.300 votos.

Natural de Vila Franca de Xira (Lisboa), Ana Bailão está no Canadá desde os 15 anos.

Em terceiro lugar, numa lista com 102 candidatos, ficou o antigo chefe da polícia de Toronto, Mark Saunders, com 8,6%, ou cerca de 61,200.

 Segundo o gabinete de eleições municipais de Toronto, foram contabilizados 712.488 votos.

Olivia Chow nasceu na região chinesa de Hong Kong, e vai ser a terceira mulher (e a primeira mulher não caucasiana) a tornar-se presidente da câmara municipal de Toronto.

A agora autarca tem pela frente vários desafios sendo o principal a falta de fundos para financiar vários serviços e a acessibilidade devido ao alto custo de vida.

A segurança nos transportes públicos é outro dos principais problemas que afetam Toronto, uma das cidades mais multiculturais do mundo, com cerca de 50% da população nascida fora do Canadá.

As eleições intercalares foram marcadas na sequência do pedido de demissão no mês passado do ‘Mayor’ John Tory, na sequência de um escândalo, após o autarca ter confirmado ter mantido durante a pandemia um relacionamento intimo com uma ex-funcionária.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados