23 Maio, 2024

Ucrânia: Lukashenko diz que líder do Grupo Wagner encontra-se na Rússia

©Facebook/AlexanderLukashenko

O Presidente da Bielorrússia disse hoje que o líder do Grupo Wagner, Yevgney Prigozhin, está em São Petersburgo, na Rússia, e que os mercenários permaneceram nos campos onde estiveram antes do motim contra Moscovo.

O Presidente Alexander Lukashenko ajudou a negociar um acordo que permitiu a Prigozhin a pôr termo ao motim no passado dia 24 de junho. O acordo permitiu também a Prigozhin e aos combatentes contratados deslocarem-se para a Bielorrússia.

Lukashenko disse na semana passada que Prigozhin se encontrava na Bielorrússia.

Hoje, o chefe de Estado bielorrusso disse a jornalistas internacionais, em conferência de imprensa em Minsk, que o chefe dos mercenários se encontra em São Petersburgo e que os combatentes contratados estão nos “bases” onde se encontravam antes, sem especificar.

O Grupo Wagner, empresa que contrata mercenários, esteve presente na campanha militar russa na Ucrânia, além de manter contratados na República Centro Africana e na Síria.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados