12 Junho, 2024

Cinemas somam 5,4 milhões de espectadores no primeiro semestre

© D.R.

Os cinemas portugueses registaram perto de um milhão de espectadores em junho, o que representa um aumento de 10% face ao mesmo mês de 2022, e eleva aos 5,4 milhões os números do primeiro semestre, segundo dados oficiais.

De acordo com as estatísticas divulgadas hoje pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), as salas portuguesas de cinema receberam quase 975 mil espectadores no mês passado, o segundo melhor número deste ano em termos de entradas, depois de a barreira de um milhão ter sido ultrapassada em maio, e de o mês de janeiro ter somado 909 mil bilhetes vendidos.

Estes 975 mil espectadores representam, porém, um decréscimo de quase 125 mil em relação a maio último, quando as salas somaram 1,094 milhões de entradas, o que não era alcançado desde dezembro de 2022. Há um ano, em junho, as salas receberam perto de 886 mil espectadores.

Em termos de receitas, os 5,75 milhões de euros de junho elevaram a 32 milhões os resultados brutos das bilheteiras no primeiro semestre deste ano.

Um ano antes, para o mesmo período, as salas de cinema, com um total de 4,02 milhões de espectadores, tiveram 23,11 milhões de euros de receitas.

No primeiro semestre de 2019, último ano antes da pandemia e dos períodos de confinamento, os dados estatísticos do ICA indicavam um total de 6,68 milhões de espectadores, e uma receita de 35,6 milhões de euros.

“Velocidade Furiosa X”, de Louis Leterrier, que acumulou 665.514 entradas desde a estreia em maio, é o filme mais visto no primeiro semestre deste ano, seguindo-se na lista “Avatar – O Caminho da Água”, de James Cameron, com um total de 466.034 espectadores.

No terceiro lugar da lista encontra-se “Super Mario Bros: O Filme”, de Aaron Horvath, Michael Jelenic e Pierre Leduc, com uma acumulação de 454 mil espectadores, antes da nova versão de “A Pequena Sereia”, de Rob Marshall, com 310 mil, e de “Guardiões da Galáxia Vol. 3”, de James Gunn, que fecha o ‘top 5’ do semestre com 232 mil.

A lista dos filmes portugueses mais vistos do ano, até 30 de junho, é liderada por “Mal Viver”, de João Canijo, com 15.074 espectadores, seguido de “Amadeo”, de Vicente Alves do Ó, com 13.071 entradas, e do nomeado aos Óscares “Ice Merchants”, de João Gonzalez, visto por 12.353 pessoas.

Na quarta posição, está a outra face do projeto de João Canijo, “Viver Mal”, com 10.229 bilhetes vendidos.

“Great Yarmouth: Provisional Figures”, de Marco Martins, fecha a lista dos cinco filmes portugueses mais vistos no primeiro semestre deste ano, com um total de 6.525 espectadores, no final de junho.

 

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados