24 Maio, 2024

Grupo de sócios do Benfica quer esclarecimentos sobre revisão dos estatutos

©slbenfica

O Movimento Servir o Benfica informou hoje ter enviado aos presidentes da direção, Rui Costa, e da Mesa da Assembleia Geral, Fernando Seara, uma carta com mais de 300 signatários a pedir esclarecimentos sobre a proposta de revisão estatutária.

“Exortamos a Mesa da Assembleia Geral a esclarecer o processo de revisão estatutária, de acordo com o artigo 81.º dos presentes estatutos”, lê-se na missiva divulgada pelo Movimento Servir o Benfica, que felicita o órgão liderado por Rui Costa “por finalmente ter disponibilizado a sua proposta de revisão estatutária e ter definido um calendário para o período de discussão da proposta”.

Os sócios Nuno Leite, Ricardo Araújo Pereira, Francisco Benitez, João Diogo Manteigas, João Leite, Pedro Ribeiro, João Pinheiro – membro da comissão de revisão estatutária – ou Pedro Brinca, entre outros, fazem parte do coletivo que assinou a carta.

“É fundamental comunicar de uma forma transparente o funcionamento das Assembleias Gerais Extraordinárias necessárias para o efeito, recordando que o histórico do Sport Lisboa e Benfica corresponde a votações individuais de cada proposta, por cada artigo dos estatutos”, realçam os subscritores.

Segundo este grupo de sócios, “por forma a garantir a maior transparência, deverá a Direção divulgar a proposta entregue, em março de 2022, pela comissão criada para o efeito, devendo esclarecer os associados dos motivos pelos quais foi alterada essa proposta pela Direção”.

Em 16 de junho, durante a assembleia geral ordinária do clube, Rui Costa anunciou que o projeto de revisão dos Estatutos do clube da Luz está concluído e será colocado a discussão de todos os associados durante mês de julho.

“Continuaremos a fomentar a discussão pública da proposta da Direção e de outros associados. Enviaremos as nossas sugestões à Direção, sem prejuízo de, na plenitude dos nossos direitos estatutários, entregarmos propostas alternativas, devidamente fundamentadas, para votação na Assembleia Geral que será convocada para o efeito”, lê-se na carta divulgada pelo movimento, em que se assinala que “a revisão estatutária é vital para reforçar a democracia no Sport Lisboa e Benfica e merece de todos – Direção, mesa da Assembleia Geral e associados – que seja um processo claro e participado”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados