23 Julho, 2024

Preço médio semanal da ERSE subiu 4,5% para a gasolina e 5,7% para o gasóleo

© DR

O preço médio semanal, calculado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), aumentou, face à semana passada, 4,5% para a gasolina e 5,7% para o gasóleo, segundo um relatório hoje divulgado.

De acordo com o regulador, o preço eficiente registou uma atualização, face à semana passada, “de + 4,5%, para a gasolina e de + 5,7% para o gasóleo”, tendo em conta “a variação semanal das cotações internacionais da gasolina 95 simples em + 8,8% e do gasóleo simples em + 10,7%”.

Contribuíram também para o aumento, segundo a ERSE, o “descongelamento da atualização do valor do adicionamento sobre as emissões de dióxido de carbono da gasolina e do gasóleo em cerca de + 16,8%” e a “atualização do valor relativo ao sobrecusto da incorporação de biocombustíveis na gasolina 95 simples e relativo ao gasóleo simples em – 13,2% e – 16,2%, respetivamente”.

No relatório semanal Combustíveis Supervisão de Preços, a ERSE acrescentou que para a semana de 31 de julho a 06 de agosto, o preço eficiente antes de impostos é de 0,921 euros por litro (euros/l) para a gasolina 95 simples e de 0,901 euros/l para o gasóleo simples.

Após impostos, o regulador apontou que o preço eficiente fica nos 1,856 euros/l, para a gasolina 95 simples, e nos 1,678 euros/l para o gasóleo simples.

Em relação à semana anterior, de acordo com a ERSE, a média dos preços de venda ao público anunciados nos pórticos e reportada no Balcão Único da Energia “esteve 0,7 cêntimos/l abaixo do Preço Eficiente, dessa semana, no caso da gasolina 95 simples, e 1,8 cêntimos/l, acima no caso do gasóleo simples”.

Em termos percentuais, “a gasolina 95 simples foi anunciada nos pórticos 0,4% abaixo do preço eficiente e o gasóleo simples foi anunciado 1,1% acima”, acrescenta.

O preço eficiente é um preço médio semanal determinado pela ERSE, que resulta da soma de vários fatores: os preços dos combustíveis nos mercados internacionais de referência e os respetivos fretes marítimos, a logística primária, incluindo nesta parcela as reservas estratégicas e de segurança do Sistema Petrolífero Nacional, os sobrecustos com a incorporação de biocombustíveis e a componente de retalho acrescida dos impostos respetivos.

O relatório semanal aborda ainda os preços com descontos, publicados pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), tendo a gasolina 95 simples apresentado um desvio de -6,2% em relação ao preço eficiente e o gasóleo simples de -4,7%.

De acordo com o regulador, “em termos absolutos, estas estimativas situam-se, para a gasolina 95 simples, em – 5,4 cêntimos/l abaixo, e para o gasóleo simples, em – 5,0 cêntimos/l abaixo, dos respetivos preços eficientes”.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados