15 Junho, 2024

Atividade do setor privado na zona euro deteriorou-se acentuadamente

© D.R.

A atividade do setor privado na zona euro deteriorou-se acentuadamente em agosto, com a queda da atividade no setor da indústria transformadora e o agravamento da atividade nos serviços, revela hoje o índice de gestores de compras (PMI).

A degradação da atividade do setor privado na zona euro em agosto deste ano, permite antecipar uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro em 0,2% no terceiro trimestre de 2023.

O índice PMI da zona euro, por sua vez, situou-se em 47 pontos em agosto, contra 48,6 no mês anterior, o seu pior resultado em 33 meses.

A atividade económica no setor da indústria transformadora deteriorou-se em agosto, com índice PMI a situar-se em 43,7 pontos, contra 42,7 em julho, a que se juntou um PMI no setor dos serviços de 48,3 pontos, contra 50,9 no mês anterior, o seu pior valor em 30 meses.

Abaixo de 50 pontos este indicador revela que a atividade económica entrou em recessão.

“Infelizmente, o setor dos serviços da zona euro está a dar sinais de queda, com resultados igualmente fracos no setor da indústria transformadora”, afirmou o economista-chefe do Hamburg Commercial Bank, Cyrus de la Rubia, adiantando que a análise dos valores do índice PMI leva a concluir que “a zona euro vai contrair-se 0,2% no terceiro trimestre deste ano”.

Neste sentido, o especialista adverte que a pressão de queda da atividade económica na zona euro, em agosto, provém principalmente do setor de serviços alemão, enquanto que no setor da indústria transformadora, as empresas alemãs estão também a reduzir a sua produção.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados