21 Junho, 2024

Taxa de ofertas de emprego recua na zona euro e UE no 2.º trimestre

A taxa de ofertas de emprego recuou, no segundo trimestre, para os 3,0% na zona euro e os 2,7% na União Europeia (UE), segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

© D.R

Na zona euro, segundo os dados do serviço estatístico europeu, a taxa de 3,0% de ofertas de emprego do segundo trimestre compara-se com a de 3,2% homóloga e a de 3,1% nos primeiros três meses do ano.

Na UE, por seu lado, o indicador recuou quer face aos 3,0% do segundo trimestre de 2022, quer na comparação com os 2,8% registados entre janeiro e março de 2023.

Entre os Estados-membros, as mais altas taxas de ofertas de emprego observaram-se nos Países Baixos (4,7%), Bélgica (4,6%) e Áustria (4,4%) e as mais baixas na Bulgária e Roménia (0,8% cada), Espanha e Polónia (0,9% cada) e a Eslováquia (1,0%).

Em Portugal, entre abril e junho, o indicador avançou para os 1,5%, face aos 1,4% homólogos e aos 1,3% do primeiro trimestre do ano.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados