13 Junho, 2024

Preço das casas recua na UE no 2.º trimestre, Portugal com 4.ª maior subida

O preço das casas recuou 1,7%, no segundo trimestre, na zona euro, e 1,1% na União Europeia (UE), face ao período homólogo, com Portugal a registar a quarta maior subida (8,7%), segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.

© D.R.

 

De acordo com o serviço estatístico da UE, na comparação com os primeiros três meses do ano, os preços das casas aumentaram 0,1% na média dos 20 países do euro e 0,3% na dos 27 Estados-membros.

Na UE, nove Estados-membros registaram recuos homólogos no indicador e 17 tiveram aumentos, não havendo dados disponíveis para a Grécia.

Os maiores recuos na comparação com o segundo trimestre de 2022 foram registados na Alemanha (-9,9%), Dinamarca (-7,6%) e Suécia (-6,8%), enquanto as maiores subidas foram observadas na Croácia (13,7%), Bulgária (10,7%), Lituânia (9,4%) e Portugal (8,7%).

Já face ao primeiro trimestre do ano, os preços das casas recuaram em 11 Estados-membros e aumentaram em 15, com as maiores quebras a registarem-se na Eslováquia (-3,9%), no Luxemburgo (-2,7%) e na Hungria (-1,7%) e os principais avanços a serem observados na Letónia (5,1%), Bulgária (4,3%) e Estónia (3,8%).

Em Portugal, o indicador aumentou 3,1% entre o primeiro e o segundo trimestre do ano.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados