15 Junho, 2024

Três ativistas climáticos detidos pela PSP após ação na escadaria do parlamento

Leonor Chicó, do movimento, disse à Lusa que o objetivo inicial era os estudantes ficarem acampados em frente ao parlamento, mas, após as detenções das ativistas, por volta das 19:00, foi convocada uma vigília junto à esquadra da PSP do Calvário para onde as estudantes foram levadas.

© Folha Nacional

Três estudantes ativistas climáticos foram hoje detidos pela PSP após terem subido a escadaria da Assembleia da Republica, pintado as escadas e aberto uma faixa para reivindicar o fim aos combustíveis fósseis até 2030.

“Hoje à tarde várias dezenas de estudantes preparavam-se para acampar em protesto pelo fim aos combustíveis fósseis frente à Assembleia da República quando três estudantes subiram as escadarias para pintar as escadas e abrir uma faixa que reivindicava o fim aos combustíveis fósseis até 2030. As três estudantes foram arrastadas pela polícia e detidas”, refere o movimento Greve Climática Estudantil, em comunicado.

Leonor Chicó, do movimento, disse à Lusa que o objetivo inicial era os estudantes ficarem acampados em frente ao parlamento, mas, após as detenções das ativistas, por volta das 19:00, foi convocada uma vigília junto à esquadra da PSP do Calvário para onde as estudantes foram levadas. .

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados