22 Fevereiro, 2024

Explosões durante homenagem a general iraniano causam 53 mortos

As explosões ocorridas hoje no Irão durante a homenagem ao general Qassim Soleimani causaram 53 mortos e dezenas de feridos, noticiou a televisão estatal, citada pela agência francesa AFP.

© D.R.

As explosões ocorreram perto do local do túmulo de Soleimani em Kerman, cerca de 820 quilómetros a sudeste da capital, Teerão.

“O incidente é um ataque terrorista”, afirmou o vice-governador da província de Kerman, Rahman Jalali, citado pela televisão estatal.

O general Qassim Soleimani, chefe de Força Quds de elite da Guarda Revolucionária, foi morto pelos Estados Unidos em Bagdade, em 2020.

Soleimani foi o arquiteto das atividades militares regionais do Irão e é aclamado como um ícone nacional entre os apoiantes da teocracia iraniana.

No funeral, em 2020, registou-se um tumulto que causou a morte de pelo menos 56 pessoas e ferimentos em mais de 200, quando milhares de pessoas se juntaram ao cortejo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados