13 Abril, 2024

Crédito ao consumo com recorde de 7.654 milhões de euros em 2023

Os bancos emprestaram em 2023 um recorde de 7.654 milhões de euros em crédito ao consumo, mais 0,8% do que em 2022 e o valor mais alto o início da série, em 2012, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal.

© D.R.

 

O valor emprestado pelas instituições financeiras em 2023 supera o anterior recorde atingido em 2019 (7.594 milhões de euros).

Apenas em dezembro passado foram emprestados em crédito ao consumo 590,6 milhões de euros, numa queda ligeira de 0,6% face a dezembro de 2022 e menos 12,6% do que em novembro de 2023.

Por segmentos, no segmento do crédito automóvel o montante contratado foi de 235 milhões de euros, mais 2,2% do que no mesmo mês de 2022.

O montante de novos créditos pessoais diminuiu. O crédito pessoal ‘sem finalidade específica, lar, consolidado e outras finalidades’ foi de 239 milhões de euros (menos 3,2% face a dezembro de 2022). Por seu lado, o crédito pessoal para ‘educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamento’ foi de quase 10,4 milhões de euros (menos 4%).

Por fim, em cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto foram emprestados 106 milhões de euros, menos 0,4% face a dezembro de 2022.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados