27 Maio, 2024

Ativista climática Greta Thunberg detida durante manifestação em Haia

A ativista climática sueca Greta Thunberg foi detida hoje em Haia, quando participava numa manifestação organizada pelo grupo ambientalista Extinction Rebellion contra os subsídios aos combustíveis fósseis.

© D.R.

 

Greta Thunberg foi levada para um autocarro usado pela polícia para retirar os manifestantes detidos no local de um protesto contra os subsídios e incentivos fiscais a empresas ligadas às indústrias fósseis.

A ativista juntou-se hoje a várias centenas de manifestantes, que partiram do centro de Haia em direção a um campo perto da autoestrada A12, que liga Haia a Utrecht, e que tem sido palco de diversas ações organizadas pelo grupo Extinction Rebellion (XR).

Hoje de manhã, dezenas de agentes da polícia bloquearam o acesso dos manifestantes à autoestrada, alertando que “poderia ser usada a violência” caso os ativistas tentassem chegar à A12.

Alguns manifestantes, incluindo Greta Thunberg, encontraram um acesso alternativo e conseguiram bloquear uma estrada principal perto da autoestrada.

“É importante manifestarmo-nos hoje porque vivemos num estado de emergência planetária”, disse a ativista climática, citada pela agência AFP, antes de ser detida.

Em fevereiro, Thunberg, de 21 anos, foi absolvida por um tribunal de Londres depois de se recusar a seguir uma ordem policial para abandonar um protesto que bloqueava a entrada de uma importante conferência da indústria do petróleo e do gás.

Foi também multada várias vezes na Suécia e no Reino Unido por desobediência civil relacionada com protestos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados