23 Maio, 2024

Pedro Sánchez diz que pondera deixar governo espanhol e cancela agenda

O também líder do partido socialista espanhol acrescentou que decidiu cancelar toda a agenda pública dos próximos dias para "poder refletir e decidir que caminho seguir".

© Facebook de Pedro Sánchez Pérez-Castejón

O primeiro-ministro de Espanha, Pedro Sánchez, cancelou esta quarta-feira a agenda e vai decidir até segunda-feira se continua no cargo, na sequência de uma investigação judicial que envolve a mulher, disse o próprio.

“Preciso de parar e refletir. Preciso urgentemente de responder à pergunta de se vale a pena, apesar do lodaçal em que a direita e a direita radical pretendem transformar a política. Se devo continuar à frente do Governo ou renunciar a esta enorme honra”, escreveu Pedro Sánchez, num texto de quatro páginas que publicou na rede social X.

O também líder do partido socialista espanhol (PSOE) acrescentou que decidiu cancelar toda a agenda pública dos próximos dias para “poder refletir e decidir que caminho seguir” e que fará uma declaração aos meios de comunicação social na próxima segunda-feira para revelar a sua decisão.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados