22 Junho, 2024

Bugalho diz que apoio da AD a Costa para Conselho Europeu segue “princípio da reciprocidade”

O eurodeputado eleito Sebastião Bugalho rejeitou hoje "entrar em debate" com o liberal Cotrim de Figueiredo sobre as críticas ao apoio da AD a António Costa para o Conselho Europeu e afirmou que há um “princípio de reciprocidade”.

© Folha Nacional

“Eu não vou entrar em debate com o João Cotrim de Figueiredo na primeira chegada ao Parlamento Europeu, nem tenho de entrar em resposta aos deputados liberais portugueses, com quem ansiamos trabalhar”, disse Sebastião Bugalho, no Parlamento Europeu, EM Bruxelas.

O eurodeputado independente eleito pela Aliança Democrática disse perceber “a antipatia de João Cotrim de Figueiredo com António Costa, que tantas vezes debateu com António Costa na Assembleia da República”, mas disse estar no Parlamento Europeu para “olhar para a frente e não para trás”.

Sebastião Bugalho disse que o apoio a António Costa como sucessor a Charles Michel no Conselho Europeu segue um “princípio de reciprocidade”.

“António Costa, quando foi eurodeputado português [foi também vice-presidente do Parlamento Europeu], votou favoravelmente a eleição de José Manuel Durão Barroso para presidente da Comissão Europeia. Nesse sentido, a reciprocidade é um sentimento português, que nós vamos colocar em prática neste caso”, completou.

O eurodeputado eleito acrescentou que “o apoio dos liberais poderá ser necessário num conjunto de soluções que serão positivas para os portugueses”, pelo que disse ser importante evitar “criar falsas clivagens” e negligenciar o contributo dos liberais durante a próxima legislatura.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados