24 Setembro, 2023

PJ detém suspeita de matar recém-nascido na Mealhada

A Polícia Judiciária (PJ) revelou hoje que deteve uma mulher, de 33 anos, que é suspeita de homicídio de um recém-nascido, crime que terá ocorrido em julho de 2022, no concelho da Mealhada.

A detenção, pelo alegado crime de infanticídio, foi realizada na segunda-feira, dando cumprimento ao mandado de detenção emitido pelo Ministério Público da Mealhada (distrito de Aveiro).

“Os indícios colhidos até ao momento, pela investigação, apontam no sentido de, na sequência de uma gravidez indesejada, a suspeita ter tido um parto sem assistência, abandonando o recém-nascido, dentro de um contentor do lixo”, referiu a PJ em comunicado.

Em declarações à agência Lusa, fonte da PJ de Aveiro esclareceu que a situação acabou por ser identificada porque a mulher precisou de assistência médica, na sequência do parto, no dia 25 de julho de 2022.

“Havia a dúvida se estávamos perante um nado vivo ou um nado morto. Através de exames efetuados, exames periciais e outra prova recolhida, verificou-se que era um nado vivo”, explicou.

A mulher de 33 anos foi presente na segunda-feira às autoridades judiciárias competentes para interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados