30 Maio, 2023

CHEGA em Lagos promoveu debate sobre a escassez de água

© D.R.

Pela primeira vez, um grupo municipal na Assembleia Municipal de Lagos
convocou um debate da Ordem do Dia sobre a escassez de água. O debate convocado pelo grupo municipal do Partido CHEGA durou quase duas horas, tendo-se discutido a situação que se regista em Lagos, que é a mais crítica do país em termos de disponibilidades hídricas. Paulo Rosário, coordenador do grupo municipal do CHEGA, alertou para o problema histórico da poluição da ribeira de Bensafrim e chamou a atenção para a gravidade do problema nas zonas rurais. “É o segundo ano consecutivo em que as populações estão sem acesso à água da barragem. Algumas famílias dependem agora de garrafões para ter água em casa”, alertou. Por fim, falou-se na central dessalinizadora prometida pelo Governo e cujas hipóteses de localização são Lagos ou Albufeira. “É certo que não haverá central antes de 2030, mas em Lagos só a Câmara Municipal é que parece não se importar”, acusa Paulo Rosário.

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados