22 Abril, 2024

Antigo diretor da Audi declara-se culpado no âmbito do caso “dieselgate”

© D.R.

O antigo diretor executivo da Audi, filial da Volkswagen, julgado na Alemanha no âmbito do caso “dieselgate”, disse hoje que está pronto a declarar-se culpado no escândalo dos motores a gasóleo manipulados, anunciaram os seus advogados em tribunal.

Rupert Stadler vai declarar-se culpado no âmbito de um acordo com o tribunal regional de Munique.

Em troca da confissão, deverá receber uma pena de prisão suspensa até dois anos e pagar uma coima de 1,1 milhões de euros.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados