22 Julho, 2024

Sismo de magnitude 6,2 registado nas Filipinas

© D.R.

Um sismo de magnitude 6,2 na escala de Richter atingiu hoje a costa do sul de Luzon, no norte das Filipinas, sem que tenham sido registados danos ou alerta de tsunami.

O Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica em todo o mundo, indicou que o sismo ocorreu a uma profundidade de 124 quilómetros ao largo da costa sudoeste de Luzon, às 10:19 (03:19 em Lisboa).

O epicentro foi registado ao largo da costa de Calatagan, na província de Batangas, a cerca de 100 quilómetros a sudoeste da capital, Manila, onde foi fortemente sentido.

O chefe da polícia de Calatagan, Emil Mendoza, declarou que, até ao momento, não foram comunicados quaisquer vítimas ou danos materiais, mas as autoridades responsáveis pela gestão de catástrofes foram destacadas para avaliar o balanço do sismo.

O responsável encarregado da gestão das catástrofes em Calatagan, Ronald Torres, declarou que o sismo durou entre 30 segundos e um minuto, e foi sentido em Manila, onde os residentes fugiram para a rua.

O arquipélago das Filipinas situa-se no chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica onde se registam todos os anos cerca de sete mil sismos, a maioria dos quais moderados.

Em outubro, um sismo de magnitude 6,4 ocorreu no norte das Filipinas, deixando vários feridos na cidade de Dolores, na província montanhosa de Abra. Vários edifícios ficaram danificados e o abastecimento de eletricidade foi interrompido na maior parte da zona.

Meses antes, em julho, 11 pessoas morreram e várias centenas ficaram feridas, na sequência de um sismo de magnitude 7 que atingiu também a província de Abra, causando aluimentos de terra e fendas no solo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados