21 Maio, 2024

Todos os distritos sob aviso amarelo devido ao tempo quente

© D.R.

Todos os distritos de Portugal continental vão estar a partir de hoje sob aviso amarelo devido à previsão de tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viseu, Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga estão sob aviso amarelo desde as 12:00 de hoje e até às 18:00 de sábado devido à previsão de persistência de valores elevados das temperaturas máximas.

O aviso amarelo de tempo quente para Bragança, Évora, Guarda, Faro, Vila Real, Setúbal, Santarém, Beja, Castelo Branco e Portalegre também começou às 12:00 de hoje, mas vai vigorar até às 18:00 de domingo.

Segundo o IPMA, o aviso amarelo é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para os próximos dias continuação de tempo quente e seco nas regiões norte e centro destacando-se valores da temperatura máxima na ordem dos 40 graus Celsius, no interior da região sul e na parte interior do Vale do Tejo, sendo no restante território acima dos 30 graus.

A temperatura mínima também irá aumentar, prevendo-se noites tropicais (mínimas acima de 20,°C) em vários locais do Centro e Sul, com destaque para a região do Sotavento Algarvio, onde as mínimas poderão ser próximas de 25°C.

Em causa está, segundo o IPMA, a ação de uma “crista anticiclónica entre o Golfo da Biscaia e o arquipélago da Madeira, que dará origem a uma circulação que trará em altitude uma massa de ar com origem no Norte de África”.

“Na sequência deste episódio de tempo quente, que deverá ser mais prolongado a sul do Tejo e Beira Baixa, onde é expectável a ocorrência de uma onda de calor até dia 29, pelo que se aconselha seguir as orientações da DGS [Direção-Geral da Saúde] para situações de tempo quente”, refere o IPMA em comunicado.

A DGS recordou entretanto a recomendação de especial atenção aos mais vulneráveis ao calor, como crianças, idosos, doentes crónicos e grávidas.

No seu ‘site’, a DGS aconselha que os doentes crónicos ou sujeitos a medicação e/ou dietas específicas sigam as recomendações do médico assistente ou da linha SNS24 e aconselha o contacto e acompanhamento de idosos e outras pessoas que vivam isoladas, garantindo a hidratação e permanência em ambiente fresco.

A DGS recomenda igualmente cuidados especiais como evitar esforços físicos no exterior e a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11:00 e as 17:00, além do uso de protetor solar com fator igual ou superior a 30 a cada duas horas e após banhos de praia e piscina.

O IPMA indica igualmente na nota publicada no seu ‘site’ que estas condições meteorológicas, associadas a valores baixos da humidade relativa do ar, resultarão igualmente num aumento significativo do perigo de incêndio rural, com diversos concelhos do interior Norte e Centro, bem como na região Sul, a serem classificados com valores máximo ou muito elevado.

Esta previsão do IPMA, levou a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) a alertar para o elevado risco de incêndios em todo o território continental, recomendando medidas preventivas.

O IPMA adianta ainda que adicionalmente, este episódio de tempo quente poderá trazer poeiras em suspensão à região Sul, em especial no sábado.

Também o índice de radiação ultravioleta irá atingir nos próximos dias valores muito elevado.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados