23 Junho, 2024

Autoridades italianas desmantelam clã mafioso de Palermo, Sicília

© D.R.

Um juiz de Palermo, Itália, autorizou a detenção de “18 alegados membros do clã Resuttana”, um dos mais ricos da capital da Sicília, por suposto envolvimento em crime organizado.

Os suspeitos estão sob investigação por alegada “associação mafiosa, extorsão, tráfico de droga, posse ilegal de armas de fogo, entre outros crimes”, refere a agência de notícias italiana ANSA.

Pelo menos 16 pessoas da mesma família encontram-se já em prisão preventiva e outras duas em regime de prisão domiciliária onde aguardam julgamento.

De acordo com a ANSA, a investigação desmantelou um dos “clãs mais ricos da região da capital da Sicília”.

“Eles têm a cidade nas mãos”, disse uma das pessoas que estava a ser investigada no âmbito da das atividades do clã Resuttana, indica a agência italiana citando detalhes da investigação que incluiu a gravação de contactos telefónicos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados