23 Junho, 2024

Cerca de 30 mil pessoas retiradas no norte do Vietname devido ao tufão Talim

© D.R.

As autoridades vietnamitas retiraram cerca de 30 mil pessoas de suas casas no norte do país, devido à passagem do tufão Talim, que tocou terra no sul da China na segunda-feira à noite.

As províncias de Quang Ninh, Thai Binh e Nam Dinh, no norte, proibiram hoje a saída dos barcos de pesca e suspenderam os serviços dos navios de passageiros, de acordo com o portal de notícias Vietnam+.

Os serviços de emergência disseram esperar que o Talim provoque grandes inundações em diferentes áreas da região norte devido à forte precipitação provocada pelo tufão, um dos mais fortes a atingir o norte do Vietname nos últimos anos.

As fortes chuvas também acarretam o risco de aluimentos de terras, alertaram.

O Talim aumentou de intensidade e, na segunda-feira à noite, atingiu a cidade de Zhanjiang, na província de Guangdong, com rajadas de vento superiores a 135 quilómetros por hora, indicou o serviço de meteorologia regional chinês.

As autoridades chinesas emitiram alertas de inundações, cancelaram voos e comboios e retiraram milhares de pessoas antes da chegada do Talim, o primeiro tufão a atingir a China este ano.

Em Macau, o Talim obrigou as autoridades locais a emitir o sinal 8 da escala de alertas de tempestades tropicais. Esta escala é formada pelos sinais 1, 3, 8, 9 e 10, cuja emissão depende da proximidade da tempestade e da intensidade do vento.

A principal época de inundações na China ocorre normalmente entre o final de julho e o início de agosto, período durante o qual se regista normalmente um aumento da atividade dos ciclones tropicais, especialmente durante a estação seca.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados