15 Junho, 2024

Saola poderá ser o mais poderoso tufão desde 1949 em Hong Kong

© D.R

O Saola, que se está a aproximar da costa chinesa, poderá ser o mais poderoso tufão a atingir a região de Hong Kong em mais de 70 anos, anunciaram hoje os serviços meteorológicos chineses.

“O Saola pode tornar-se no tufão mais forte desde 1949 a atingir o delta do rio das Pérolas”, que inclui várias cidades importantes como Hong Kong, Guangzhou, Shenzhen e Macau, afirmou o Centro Meteorológico Nacional na rede social Weibo.

Com um possível impacto direto em Hong Kong, as autoridades alertaram que poderiam aumentar o nível de alerta, nomeadamente até ao máximo na escala (T10), que foi emitido apenas 16 vezes desde a II Guerra Mundial.

Às 15h00, no horário local (08h00 em Lisboa), o tufão Saola estava a 140 quilómetros a leste-sudeste de Hong Kong, com ventos sustentados de 210 quilómetros por hora.

O supertufão poderá contornar o território a menos de 50 quilómetros ao sul e causar uma tempestade ao redor do porto Victoria, de acordo com o observatório meteorológico da cidade.

“Pode haver inundações graves”, referiu o observatório meteorológico, acrescentando que as zonas costeiras orientais poderão registar níveis de água semelhantes aos causados pelo tufão Mangkhut em 2018.

As ruas de Hong Kong estavam desertas hoje, com exceção de alguns moradores em busca de compras de última hora para o fim de semana.

As montras e vidros do comércio e habitações foram protegidos devido ao tufão e os escritórios que ficam perto do porto de Victoria foram encerrados e barricados para impedir a entrada de água.

A Autoridade Aeroportuária de Hong Kong anunciou hoje o cancelamento de mais de 300 voos.

A Bolsa de Valores anunciou hoje o cancelamento das sessões matinais para todos os mercados.

Na China continental, a província de Guangdong declarou emergência de nível I em relação aos ventos, o nível máximo. Em Shenzhen, as autoridades ordenaram o encerramento de escritórios, empresas e mercados a partir das 16h00 locais (09h00 em Lisboa). Apesar disso, ao final da tarde, os mercados desta cidade de 17,7 milhões de habitantes continuaram muito movimentados.

Todos os transportes públicos em Shenzhen vão encerrar as suas operações à noite, enquanto os comboios de e para Guangdong serão suspensos das 20h00 de sexta-feira até às 18:00 locais de sábado.

As autoridades de Macau, território vizinho de Hong Kong, estão a considerar a possibilidade de emitir um alerta de nível T8 no sábado.

Embora possam perturbar temporariamente cidades como Hong Kong e Macau, os tufões causam muito menos mortes e danos, graças a normas de construção mais rigorosas e a melhores sistemas de gestão de inundações.

As alterações climáticas aumentaram a intensidade das tempestades tropicais, dizem os especialistas, com mais chuvas e rajadas mais fortes levando a inundações repentinas e danos costeiros.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados