15 Junho, 2024

Partido Chega, afinal o que o difere dos outros partidos.

Muitos por estes dias, tentam “ arrumar “ o partido Chega numa qualquer ideologia (preferencialmente mais negativa possível), ora é Fascista, ora é Ultra direita ou Direita radical, nunca existiu um trabalho sério, sim, sem cartilhas, narrativas ou com objectivos prévios de apenas salientar, procurar aspectos negativos ou mesmo invenções.

 Afinal o que difere o Partido Chega dos outros?

A resposta para quem está dentro é muito fácil, muito clara, talvez por isso é que ninguém dos órgãos de comunicação social queira explorar, vamos então ao que difere o Partido Chega dos outros. 

O partido Chega, pretende melhorar o país e proteger os valores da sociedade portuguesa, enquanto os outros o que pretendem é manter o “Status Quo” e controlar o país, apenas com o objectivo de proteger os seus interesses. É por isto que se encontram poucas diferenças entre o PS e o PSD, é por isto que vimos a partilha de espaços e estratégias entre PCP, BE e PS, é por isto que nos últimos 31 anos temos decrescido em variáveis de desenvolvimento social, é por isto que nos enchem o dia com assuntos políticos supérfluos.

Nos últimos 31 evoluímos na proteção social? Evoluímos no poder de compra? Evoluímos na resposta dos serviços de Saúde? Evoluímos na Educação? Evoluímos economicamente? Temos mais justiça? A resposta a todas estas perguntas é não. Mas evoluímos em alguma coisa? Para eles sim, mas em coisas que sinceramente não gostaria de evoluir, agora temos o assunto LGBT, temos os assuntos dos Trans, temos os assuntos Climáticos, temos os assuntos da doutrinação na educação, que saudades tenho, em que as causas, eram lutar contra a fome no mundo, contra a guerra (não se pode fazer muita força pois existem ideologias madrinhas da Rússia (conflitos onde se encontram com presença são todos são violentos África, Síria, Líbano e claro a Ucrânia), a defesa das crianças, apoiar os médicos voluntários pelo mundo, a luta pela diferença entre os ricos e os pobres e até a luta por uma universidade melhor e de todos. 

Nos últimos 31 anos, o mundo e o foco da nossa sociedade realmente mudou, foram-se os valores, o respeito pela cultura e pelas tradições. É aqui o posicionamento do Partido Chega, com base no que foi a nossa nação nos 900 anos de história, nas nossas características como povo, a nossa cultura e justiça social, queremos o melhor para Portugal, daí que colocamos em primeiro lugar um país melhor, em vez do lobby de agendas. O Partido Chega é de direita, mas em qualquer ocasião não vacila em estar ao lado de uma proposta do PCP, PS, PSD, IL ou mesmo do BE, sempre que essas propostas tenham ganhos para o país, isto é estar focado na vontade de querer o melhor para Portugal. Não temos grupos de interesses, não temos favores a pagar nem estamos preocupados com o que os lobbies pensam.

Afinal temos uma ideologia? 

Sim temos, mas não é das velhas e das gastas, temos a ideologia de pretender o melhor para o país, isto não vem nos manuais de classificação dos partidos políticos, entendo o porquê, têm sido escritos e com base em ideias “controladas”, retrógradas e velhas. 

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados