21 Maio, 2024

Mais de 11 mil peregrinos em Uman para celebrar o Ano Novo Judaico

Mais de 11 mil peregrinos judeus vindos principalmente de Israel, mas também de países da Europa e da América, chegaram hoje à cidade de Uman, no centro da Ucrânia, para celebrar o Ano Novo Judaico.

© D.R.

“11.000 já chegaram. No total, esperamos até 30 mil”, disse o chefe da Administração Militar de Uman, Igor Miklashchuk, à agência de notícias nacional ucraniana, Ukrinform.

Os peregrinos viajaram para a Ucrânia, um país em guerra que é atacado diariamente com mísseis e drones desde que a Rússia o invadiu em 24 de fevereiro de 2022, apesar das recomendações das autoridades israelitas para não o fazerem e dos avisos dos ucranianos.

O rabino Nachman de Uman, também conhecido como Nachman de Breslov, foi enterrado nesta cidade no centro da Ucrânia em 1810.

Nachman é o fundador e único líder espiritual do movimento hassídico de Breslov, cujos seguidores são conhecidos por adorar a Deus através da música e da dança.

As peregrinações a Uman para celebrar o Ano Novo Judaico no túmulo de Nachman começaram a tornar-se populares após a morte do rabino e foram interrompidas durante décadas devido às políticas anti-religiosas do regime soviético que controlava a Ucrânia.

Com a independência da Ucrânia em 1991, Uman tornou-se “mais uma vez um íman para os seguidores do movimento Breslov”, e milhares de judeus ultraortodoxos ou simplesmente religiosos de todo o mundo visitam esta cidade ucraniana todos os anos no Ano Novo Judeu.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados