22 Junho, 2024

Empresário sem experiência política prévia é o novo líder do partido grego Syriza

Um empresário de 35 anos, sem experiência política anterior, foi hoje eleito líder do principal partido de oposição da Grécia, o Syriza.

© Facebook/Stefanos Kasselakis

Stefanos Kasselakis derrotou Effi Achtsioglou, de 38 anos, antiga ministra do Trabalho, na segunda volta de domingo. Na primeira volta tinham sido ‘eliminados’ três outros candidatos.

Com a contagem de votos ainda a decorrer, Effi Achtsioglou telefonou a Stefanos Kasselakis para congratulá-lo pela vitória, segundo a agência Associated Press.

Com 70% dos distritos eleitorais encerrados, Kasselakis conseguiu 53% dos votos.

Kasselakis, residente em Miami, nos Estados Unidos, era desconhecido da população grega, até ser eleito candidato na lista geral do Syriza.

Nas eleições nacionais da Grécia, 15 dos 300 deputados são eleitos livremente, dependendo da percentagem de votos de cada partido.

A lista geral de candidatos pode incluir expatriados.

No final de agosto, poucos dias após apresentar uma lista de propostas para o partido, Kasselakis divulgou um vídeo de pouco mais de quatro minutos no qual contava a sua vida e a sua visão. O vídeo acabou por tornar-se viral, transformando-o num sério candidato à liderança do partido.

No final de junho, Alexis Tsipras, anunciou a demissão da liderança Syriza, quatro dias depois da pesada derrota nas eleições legislativas de 25 de junho frente à Nova Democracia (ND), de Kyriakos Mitsotakis.

“Há alturas em que é preciso tomar decisões cruciais”, disse Alexis Tsipras, emocionado, numa conferência de imprensa em Atenas, sublinhando que iria convocar eleições para a liderança do Syriza, às quais disse que não seria candidato.

Tsipras, 48 anos, foi primeiro-ministro da Grécia de 2015 a 2019, durante anos politicamente tumultuosos, enquanto o país lutava para permanecer na zona euro e acabar com uma série de resgates internacionais.

Nas eleições de 25 de junho, o Syriza recebeu pouco menos de 18% dos votos – perdendo quase metade do apoio nos últimos quatro anos –, enquanto a Nova Democracia, do primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis, ultrapassou os 40%.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados