1 Dezembro, 2023

Ventura condena ataque com tinta de ativistas climáticas a ministro do Ambiente

O presidente do Chega, André Ventura, condenou hoje o ataque com tinta ao ministro do Ambiente por parte de jovens ativistas pelo clima e disse esperar que este tipo de protestos “não se torne um hábito”.

© Folha Nacional

“Concorde-se ou não e eu tenho dito várias vezes que acho que Duarte Cordeiro é um mau ministro do Ambiente, a violência, a agressividade, a tentativa de calar as pessoas por noutros meios que não seja o debate, são condenáveis em qualquer circunstância”, disse o líder do CHEGA numa conferência de imprensa na sede do partido, em Lisboa.

André Ventura tinha sido questionado sobre o ataque com tinta verde ao ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, durante uma conferência.

“Não deixaremos de condenar este ato pela sua envolvência não democrática. Lamentamos que tenha ocorrido e esperamos que não se torne um hábito, como temos visto noutros países, este tipo de protesto”, afirmou.

O ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, foi hoje atacado com tinta verde por três jovens ativistas climáticas, em Lisboa, durante uma conferência da CNN sobre transição energética em que participam as empresas Galp e EDP.

Poucos minutos após o início da conferência, quando o ministro do Ambiente tomou a palavra, as três jovens dirigiram-se ao palco e atiraram tinta verde que atingiu Duarte Cordeiro na roupa, enquanto gritavam frases de contestação ao Governo.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados