12 Junho, 2024

Peso dos impostos no PIB foi de 38% em Portugal em 2022, abaixo da média da UE

O peso global dos impostos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) foi de 38% em Portugal em 2022, abaixo da média da União Europeia (UE), que se fixou em 41,2%, divulgou hoje o Eurostat.

© D.R.

Dados hoje divulgados pelo gabinete estatístico da UE, o Eurostat, revelam que o rácio global dos impostos, ou seja, a soma dos impostos e das contribuições sociais líquidas em percentagem do PIB, se situou em 41,2% na UE em 2022, uma diminuição em comparação a 2021 (41,5%).

Na zona euro, as receitas fiscais aumentaram em linha com o PIB nominal, o que significa que o rácio entre impostos e PIB permaneceu estável em 41,9% em 2022, segundo o Eurostat.

Por países, Portugal registou um rácio de 38% em 2022.

Os países com percentagens mais elevadas de impostos e contribuições sociais em percentagem do PIB foram França (48,0%), Bélgica (45,6%) e Áustria (43,6%), enquanto no extremo oposto ficaram a Irlanda (21,7%), a Roménia (27,5%) e Malta (29,6%), com os rácios mais baixos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados