4 Março, 2024

Sete ONG unidas para travar tráfico humano nas fronteiras de Espanha, Itália e França

Sete organizações não-governamentais (ONG) estão a unir esforços num projeto que tem como objetivo o combate do tráfico de seres humanos nas fronteiras de França, Itália e Espanha, foi hoje divulgado.

© D.R.

 

Segundo a informação hoje divulgada, o projeto visa “garantir que os rapazes e raparigas de países terceiros com menos de 18 anos e as mulheres jovens até aos 30 anos, com ou sem filhos, que são ou foram sobreviventes de tráfico e correm o risco de voltar a ser traficados, sejam libertados da exploração”.

A iniciativa visa proporcionar “acesso a um refúgio seguro”, um local onde os sobreviventes do tráfico estão “livres da coerção e do controlo das redes de tráfico” e podem aceder a informações sobre programas de proteção, bem como a possíveis encaminhamentos para serviços locais, referiram as ONG envolvidas.

Entre as sete organizações envolvidas no projeto estão a Save the Children de Espanha e de Itália e a francesa Mission d’Intervention et de Sensibilisation contre la Traite des êtres humains- MIST.

Segundo as organizações, durante 2024, serão desenvolvidas estratégias nacionais e transnacionais “eficazes e sustentáveis” para a identificação “precoce” e o acesso a proteção “não apenas nas passagens de fronteira”, mas também em centros de acolhimento localizados em Paris e perto da fronteira francesa com Itália e Espanha (Paris Île-de-France, Occitanie, Provence-Alpes-Côte d’Azur).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados