15 Junho, 2024

Avião russo que caiu transportava mísseis

O avião militar russo Il-76 que se despenhou hoje perto da fronteira ucraniana transportava mísseis para os sistemas antiaéreos S-300 usados para bombardear a Ucrânia, disse uma fonte militar de Kiev à agência estatal Ukrinform.

© D.R.

 

Outra fonte militar ucraniana, citada pelo jornal ‘online’ Ukrainska Pravda, também disse que o avião militar russo transportava mísseis, segundo a agência espanhola EFE.

Até ao momento, as autoridades de Kiev não fizeram qualquer comentário oficial sobre o incidente, que foi captado num vídeo publicado nas redes sociais russas.

O Ministério da Defesa russo disse que o avião militar transportava 65 prisioneiros de guerra ucranianos para serem trocados por prisioneiros russos detidos pelo exército ucraniano.

O presidente da câmara baixa do parlamento russo (Duma), Vyacheslav Volodin acusou a Ucrânia de ter abatido o avião militar.

“Mataram os seus próprios soldados no ar, as mães e filhos estavam à espera deles”, declarou Volodin no hemiciclo em Moscovo, citado pela agência francesa AFP.

O avião despenhou-se cerca das 11:00 de Moscovo (08:00 em Lisboa).

O ministério russo disse que estavam a bordo seis membros da tripulação e três acompanhantes, além dos 65 prisioneiros ucranianos.

As autoridades russas não anunciaram ainda se há sobreviventes.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados