17 Abril, 2024

Líder republicano do Senado apoia candidatura de Trump

O líder republicano do Senado, Mitch McConnell, endossou hoje Donald Trump para presidente, numa reviravolta depois de ter acusado o ex-inquilino da Casa Branca por “atos vergonhosos”, devido à invasão do Capitólio em 2021.

© Facebook de Mitch McConnell

 

McConnell – que foi o mais recente líder republicano no Congresso a alinhar-se com Trump – declarou o apoio numa breve declaração depois de as vitórias na “Super Terça-Feira” terem aberto caminho para o ex-presidente se tornar o candidato do partido às eleições presidenciais de 05 de novembro.

Os dois homens não se falavam desde 2020, quando McConnell declarou o democrata Joe Biden o vencedor das eleições presidenciais daquele ano, quando Trump questionava a transparência do ato eleitoral.

“É bastante claro que o ex-presidente Trump conquistou o apoio necessário dos eleitores republicanos para ser o nosso candidato à presidência dos Estados Unidos”, disse hoje McConnell, esquecendo divergências passadas.

O apoio de McConnell, que criticou Trump como “moralmente responsável” pela invasão do Capitólio em 06 de janeiro de 2021, dá um selo de legitimidade institucional à tentativa do ex-presidente de regressar à Casa Branca.

Este apoio acontece depois de McConnell ter anunciado, na semana passada, que deixaria o cargo de líder do Senado, uma posição que ocupa há mais tempo do que qualquer outro senador.

Trump conta agora com os líderes do Partido Republicano no Congresso – incluindo o presidente da Câmara, Mike Johnson, e os republicanos do Senado que disputam a substituição de McConnell como líder – como apoiantes da sua candidatura à Casa Branca.

Com o apoio de McConnell a Trump, outros republicanos poderão sentir-se impelidos a seguir o exemplo, incluindo doadores endinheirados que alimentam as campanhas.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados