17 Abril, 2024

Uma Teia sem preconceitos e despudores – O Regime Socialista nunca deu pão a ninguém

Caríssimos leitores. 

Este país pede encarecidamente de forma urgente por uma mudança radical, imperativa e imprescindível, desta teia de favores e corrupção a todos os níveis.

Portugal precisa com urgência mudar radicalmente de rumo e de táticas governativas desastrosas para o país.

Convém, que este país se transforme outra vez num país que vá de encontro às boas práticas políticas e sociais, para que os Portugueses de bem e verdadeiramente trabalhadores se revejam novamente no país salutar e honesto de tempos idos. Em que a ordem e respeito imperavam com veemência.

É imperativo que sejamos salvos deste sistema socialista, que nunca deu pão a ninguém e que governa o país há tempo suficiente, para que se denote uma destruição total e sem precedentes nas instituições e a todos os níveis. Desta forma, chegamos todos à conclusão que este sistema não funciona de todo. É o desastre dos desastres.

Só não vê quem não quer ou se, se é um iletrado.

Mas de uma forma geral, penso que a maioria das pessoas inteligentes começam a perceber que este sistema traz miséria e a destruição dos valores moraís e éticos. Traz a desvalorização das pessoas que trabalham com honestidade, saber e valor.

Traz a destruição do nosso património português e das regras de conduta basilares que estão intrinsecamente ligadas a um Estado de Direito, para que possamos viver numa sociedade justa e condigna.

Está à vista de todos os cidadãos que este sistema errático, leva à destruição das Instituições estatais, instituições essas, basilares para que a vida de uma sociedade normal e instruída, possa funcionar e se reger de forma saudável e responsável.

Como qualquer sociedade que se diz normal os valores morais, ética e regras de conduta devem imperar de forma condigna. Valores esses que vão de encontro aos trâmites de uma sociedade que convém ser saudável, ao nível da sua conduta, pautando por uma salutar convivência a todos os níveis.

 Pelo contrário, é o que não acontece com as práticas levadas a cabo pelo regime socialista.

Andam estes governantes há anos a viver descaradamente? À custa dos contribuintes Portugueses? Sem que haja alguém que os puna a sério?

Governantes esses, que não se importam de espalhar a bagunça e a bandalheira pelo país inteiro? Formando ignorantes, para que possam ingressar nas ideologias políticas deles, porque lhes dá jeito?!

O partido socialista nunca foi exemplo para ninguém. 

Vejamos….

Estes políticos portugueses, na sua generalidade aproveitam-se de cargos políticos no regime do exercício da sua função. Titulares, esses, de cargos políticos e altos cargos aproveitam-se para abusarem, descaradamente do erário dos contribuintes portugueses. 

Subvenções são dadas a torto e a direito a quem não precisa, Conflito de interesses, corrupção total, negócios ilícitos, subsídios de deslocação sem haver necessidade para tal, compra de imóveis de valores desmedidos etc… etc…etc… 

É caso para se dizer que no seu geral os políticos portugueses não têm vergonha na cara. 

 Políticos vergonhosos estes, que bem podem fazer um périplo, por alguns países nórdicos para aprenderem como se governa um país com honestidade e saber.  Países esses, onde o erário público não é de todo usado para extravagâncias políticas de caracter abusador. 

Então? Isto não é uma prática vergonhosa, que afronta qualquer cidadão comum?

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados