15 Julho, 2024

Na primeira visita a Kiev, Orbán pede cessar-fogo para negociações

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse hoje em Kiev ao primeiro-ministro húngaro que falta uma paz justa para a Ucrânia e Viktor Orbán apelou para um cessar-fogo para permitir conversações de paz.

©Facebook de Viktor Orbán

Numa conferência de imprensa conjunta, Zelensky considerou que a visita do líder húngaro ilustra “as prioridades europeias comuns e a importância de trazer uma paz justa à Ucrânia e a toda a Europa”.

A Hungria assumiu na segunda-feira a presidência rotativa de seis meses da União Europeia (UE), que iniciou negociações para a adesão da Ucrânia.

Orbán é o único líder dos países da UE considerado próximo da Rússia.

O líder nacionalista húngaro chegou hoje a Kiev para conversações com Zelensky, naquela que é a sua primeira deslocação à Ucrânia desde que o país foi invadido pela Rússia em fevereiro de 2022.

Orbán disse que apelou a Zelensky para considerar um cessar-fogo o mais rapidamente possível, a fim de alcançar a paz, segundo a agência francesa AFP.

“Pedi ao Presidente [Zelensky] que considerasse a possibilidade de um cessar-fogo o mais rapidamente possível”, que seria “limitado no tempo e permitiria acelerar as negociações de paz”, afirmou.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Receba o Folha Nacional no seu e-mail

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados