26 Maio, 2024

Xi Jinping apela à salvaguarda da paz e garante oposição ao protecionismo

©facebook.com/people/习近平-Xi-Jinping

O presidente chinês, Xi Jinping, apelou hoje à “salvaguarda da paz regional” num discurso proferido na cimeira da Organização de Cooperação de Shangai (OCS), estrutura em que a China e Rússia figuram entre os membros fundadores.

Xi Jinping, cuja intervenção na cimeira organizada pela Índia foi feita através de um vídeo, além dos apelos aos esforços para salvaguardar a paz regional, pediu também que se garanta a “segurança comum”, segundo a agência noticiosa oficial chinesa.

No discurso, citado pela agência noticiosa e pela televisão estatais da China, Jinping prometeu aos Estados membros da OSC “oposição ao protecionismo”, assegurando que Pequim vai continuar a defender a globalização.

“[A China] vai continuar na direção certa da globalização, opor-se ao protecionismo, às sanções unilaterais e à generalização do conceito de segurança nacional”, frisou.

“[É nossa responsabilidade comum alcançar a paz e a segurança a longo prazo na região”, insistiu o líder chinês, desta vez citado pela emissora estatal CCTV.

A China está disposta a “promover soluções políticas para as questões internacionais e regionais candentes”, continuou Xi Jinping, sem especificar a que questões se referia.

O Irão e a Bielorrússia, ambos com o estatuto de observadores, deverão juntar-se, em breve, à OCS, que congrega oito Estados membros — a Rússia, a China, a Índia, o Paquistão, o Cazaquistão, o Quirguizistão, o Tajiquistão e o Uzbequistão.

A organização conta com mais quatro países observadores – Afeganistão, Bielorrússia, Irão e Mongólia – e seis outros parceiros – Arménia, Azerbaijão, Camboja, Nepal, Sri Lanka e Turquia.

A Organização de Cooperação de Xangai , criada em 2001, tem concentrado os debates sobretudo nas questões de segurança regional, combate ao terrorismo, ao separatismo étnico e ao extremismo religioso.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados