22 Junho, 2024

PJ faz mais de 20 buscas no Norte em investigação a esquema de fraude fiscal

© Facebook da Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária (PJ) realizou mais de 20 buscas na região Norte no âmbito de uma investigação a um esquema de fraude fiscal e branqueamento de capitais que terá lesado o Estado em milhões de euros, foi hoje anunciado.
Em comunicado, aquela força de investigação criminal refere que as mais de 20 buscas, domiciliárias e não domiciliarias, foram realizadas em Viana do Castelo, Porto e Vila Nova de Gaia, dando cumprimento a mandados emitidos no âmbito de uma investigação a um grupo de empresas que agrega um vasto número de sociedades comerciais.

A PJ acredita que aquelas sociedades são controladas por um contabilista certificado que atua como “testa de ferro” num “complexo esquema de fraude fiscal e de branqueamento que, nomeadamente através da aquisição de empresas em dificuldades económicas ou em pré-insolvência, recorrendo à emissão de faturação falsa”, terá lesado o Estado em milhões de euros.

O contabilista, de acordo com a PJ, é “empresário e sócio gerente de inúmeras empresas”.

Das buscas, a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da Autoridade Tributária – Direção de Finanças de Viana do Castelo, resultou a apreensão de um “considerável acervo documental (contabilístico, financeiro e bancário), material informático e dinheiro em numerário”.

As investigações continuam a cargo da Polícia Judiciária e da Autoridade Tributária, no âmbito de equipa mista constituída entre ambas.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados