12 Junho, 2024

PRÓXIMOS DAS PESSOAS!

É costume afirmar que os períodos de campanha e de pré-campanha eleitoral são oportunidades para os partidos entrarem em contacto com a população e perceberem, de forma mais abrangente e incisiva, os seus anseios, receios e preocupações quanto ao futuro. Mas, claramente diferente é a perspectiva do CHEGA-Madeira. 

Porque somos um partido reformista, humanista e de índole marcadamente social, o contacto com a população não é uma actividade esporádica ou exclusiva dos períodos de eleições, mas uma realidade quotidiana, com a qual estamos constantemente comprometidos. Por outras palavras, é junto das populações e alinhados com as suas preocupações que estamos e que queremos estar, pois acreditamos, hoje e sempre, que a única política que faz sentido é a política de diálogo e de proximidade, que ouve e percebe antes de falar e decidir.

Nesse sentido, as muitas acções de contacto e auscultação que temos vindo a promover têm ajudado a extrair das populações uma imagem ainda mais clara das actuais condições de vida e de trabalho na Região Autónoma da Madeira, nas quais identificamos tendências que não podemos contornar. Aliás, as centenas de pessoas com as quais temos estado falam-nos do agravamento das assimetrias. Falam-nos do aumento da criminalidade, incluindo a violenta e de género. Falam-nos do drama da habitação, que atira para as periferias os jovens e aqueles que trabalham. Falam-nos de uma carga fiscal que asfixia as empresas e inibe o investimento. Falam-nos de uma terra onde certos grupos, perfeitamente identificados, anunciam lucros de milhões, ao passo que aqueles que lutam de sol a sol vêem o carrinho das compras cada vez mais vazio e a vida cada vez mais limitada.

Estes contactos, que são constantes e que vemos como autênticas lições do que é a vida na Madeira e no Porto Santo, aumentam, a cada dia, a nossa determinação para construir uma Região Autónoma melhor, mais responsável, mais equilibrada, mais sensível aos que trabalham, mais respeitadora das famílias e mais comprometida com a defesa intransigente do Bem Comum. Em suma, uma Região Autónoma para todos, e não apenas para a minoria que alimenta redes perniciosas de amiguismo e compadrio, à custas das quais certos negócios proliferam e a corrupção corrói a fibra ética e moral da governação. 

A todos e todas que nos têm dado o seu tempo e partilhado connosco os seus desabafos, expresso o compromisso do CHEGA-Madeira com os vossos problemas e desejos para o futuro. É para vocês e por vocês que aqui estamos. Por vós, Madeirenses e Portosantenses de bem, que sentem esta terra, que se orgulham da nossa história e da nossa cultura e que sabem o que é lutar pelo bem-estar daqueles que amamos. É por vós que estamos na política. É por vós que trabalhamos. E é por vós que, com humildade e a ajuda de Deus, continuaremos a pugnar por uma Região que olhe para o futuro com a confiança de nele encontrar um sol que brilha de igual modo para todos, pois todos somos filhos desta bonita terra

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados