26 Fevereiro, 2024

Pontualidade e regularidade dos comboios agravou-se entre 2019 e 2022

A pontualidade e a regularidade dos comboios piorou “em praticamente todos os serviços” entre 2019 e 2022, mantendo-se os comboios realizados em 2022 abaixo dos valores pré-pandemia, segundo a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT).

©D.R.

 

De acordo com o Relatório Sobre Desenvolvimento do Mercado Ferroviário Nacional no Âmbito do Espaço Ferroviário Único da União Europeia 2020-2022, “em termos de pontualidade, entre 2019 e 2022, registou-se um agravamento em praticamente todos os serviços, não obstante uma melhoria temporária nos anos de 2020 e 2021”.

“Nos serviços urbanos/suburbanos de Lisboa, a Fertagus continua a apresentar melhores índices de pontualidade do que os serviços da CP-Lisboa, com um IP3 [Índice de Pontualidade de 3 minutos] de 93%, em 2022 (contra 86% na CP)”, detalha o documento publicado no site da AMT.

Por sua vez, os serviços de longo-curso “foram os que registaram piores índices de pontualidade”.

As conclusões do relatório, hoje divulgado pelo Jornal de Notícias, apontam ainda que, durante o período em análise, se verificou uma “deterioração da regularidade em todos os serviços relativamente a 2019”, nomeadamente relativamente ao número de supressões e ao índice de regularidade.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados