4 Março, 2024

A importância das PPP na saúde em Portugal

O CHEGA irá promover PPP na Saúde, em Portugal!

As PPP são óptimos instrumentos de decisão estratégica de investimento e gestão, por parte do Estado, em áreas essenciais de governação, como é o caso da Saúde.

Num passado recente, as Parcerias Público-Privadas (PPP) em Portugal, e pela mão de José Sócrates e sua clientela próxima – PS e lobbies instalados – têm tido uma abordagem controversa, e altamente penalizante para o Estado e, consequentemente, para os contribuintes. Tal facto não se dá pelo conceito de PPP, que é bom, mas antes por ‘crimes lesa patria’ cometidos na elaboração dos contratos pela “administração Sócrates”.

No período da Troika, houve óptimos resultados em PPP na Saúde, sendo mais relevantes, nos Hospitais de Cascais e de Braga, no que respeita à gestão destas unidades de saúde. Parcerias essas que não viriam a ser renovadas por António Costa, contribuindo para o descalabro que se verifica, atualmente, na Saúde. As PPP nas nos hospitais referidos, trouxeram melhorias significativas na prestação de cuidados de saúde, modernizando as instalações e aumentando a eficiência operacional.

O que o CHEGA pretende para o futuro:

Inovação e Eficiência: as PPP são uma ferramenta para impulsionar a inovação na saúde, trazendo tecnologia avançada e ‘know-how’ do setor privado. A gestão eficiente de recursos é um ponto forte, melhorando a eficiência dos serviços.

Investimento sem sobrecarregar o Orçamento de Estado: com a crescente pressão sobre OE, as PPP permitem a realização de investimentos em infraestruturas e equipamentos sem gerar um impacto imediato nas finanças públicas.

Flexibilidade e foco nos utentes: as PPP vão permitir uma maior flexibilidade na gestão dos serviços de saúde, possibilitando uma resposta mais ágil e rápida às necessidades dos utentes.

No entanto, há alguns desafios a ter em conta na contratualização de PPP, e o CHEGA, no Governo, estará ciente deles. Assim, será fundamental garantir uma gestão transparente e eficiente das PPP para evitar problemas passados relacionados com a opacidade e a prestação de contas. Por outro lado, o sucesso futuro das PPP na saúde depende de uma avaliação contínua dos resultados, aprendendo com o passado e ajustando as estratégias conforme necessário.

Assim, se faz política no CHEGA! Em prol de Portugal e dos portugueses!

Folha Nacional

Folha Nacional

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados