13 Abril, 2024

Macron diz que declarações sobre envio de tropas europeias foram “pensadas”

O Presidente de França, Emmanuel Macron, garantiu hoje que as declarações feitas na segunda-feira sobre um possível envio de tropas ocidentais para a Ucrânia não foram fortuitas, assegurando que “cada palavra” sobre o tema é “pensada e medida”.

© facebook.com/EmmanuelMacron

Macron referiu-se à polémica desencadeada há três dias, quando, no final de uma cimeira em Paris sobre a Ucrânia, afirmou que não se podia descartar que os países da NATO enviassem tropas para a Ucrânia, uma hipótese da qual praticamente todos os governos aliados se distanciaram rapidamente, com exceção dos países bálticos.

O Presidente francês, que esteve hoje presente na inauguração da vila olímpica, admitiu que aquele não era o local ideal para fazer “avaliações geopolíticas”, mas deu a entender que mantém as declarações sobre a Ucrânia, avançou o canal de televisão France Info.

Os ecos destas palavras chegaram também a Moscovo, tendo o Presidente russo, Vladimir Putin, alertado hoje que existe uma ameaça real de guerra nuclear em caso de escalada do conflito na Ucrânia.

“Tem-se falado sobre a possibilidade de enviar contingentes militares da NATO [Organização do Tratado do Atlântico Norte] para a Ucrânia. Lembremo-nos do destino daqueles que enviaram contingentes contra o nosso país”, afirmou.

“Agora as consequências para possíveis intervencionistas serão muito mais trágicas”, assegurou Putin.

Também o conselheiro sénior da presidência ucraniana, Mikhailo Podoliak, comentou as declarações de Macron, afirmando “acolher com satisfação” qualquer proposta para melhorar a ajuda ocidental a Kiev.

“Os líderes de vários países europeus sugerem (…) introduzir novas variáveis e delinear o que pode ser feito. E isso é excelente”, disse.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, já tinha afirmado na quarta-feira que gostava que Macron lhe explicasse as suas declarações com mais pormenor na próxima reunião que planeiam realizar.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados