26 Maio, 2024

UE vai financiar eletrificação de operações em terra da nove areroportos da ANA

O projeto de eletrificação das operações em terra em nove aeroportos portugueses geridos pela ANA foi hoje escolhido para financiamento da União Europeia (UE), no âmbito do desenvolvimento de infraestruturas para combustíveis alternativos.

© D.R.

A verba recomendada para financiamento é de mais de 55,1 milhões de euros (55.108.908,00 euros), num custo total de quase 184 milhões.

O projeto da ANA (eGOANA) prevê a instalação de 589 carregadores para equipamento de apoio em terra, 92 unidades de ar pré-condicionado com 125 fichas, 73 unidades de fornecimento de energia em terra com 107 fichas e painéis solares para descarbonizar todas as operações em terra no lado ar, formado pela área entre a segurança e as portas de embarque e desembarque.

O financiamento será feito no âmbito do cumprimento dos objetivos do Pacto Verde europeu e sai da fatia destinada aos combustíveis alternativos do Mecanismo Interligar a Europa.

A ANA é a empresa responsável pela gestão de 10 aeroportos em Portugal continental – Lisboa, Porto, Faro e Terminal Civil de Beja (este excluído do projeto), na Região Autónoma dos Açores (Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores) e na Região Autónoma da Madeira (Madeira e Porto Santo).

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados