21 Maio, 2024

Três jovens de 16 anos detidos por agressões a imigrante nepalês em Olhão

© Facebook

A PSP deteve hoje três jovens por agressões a um imigrante nepalês em Olhão, tendo sido no total identificados 11, entre os 14 e os 16 anos, por participarem ou presenciarem os atos.

Em conferência de imprensa, o comandante distrital da PSP de Faro, Dário Prates, adiantou que os três jovens detidos, todos com 16 anos, são “os mais ativos e violentos” do grupo, composto por oito rapazes e três raparigas, todos estudantes e residentes em Olhão.

“Foi possível relacionar o grupo com oito ocorrências, cinco por roubos e três de agressões, só no mês de janeiro”, sublinhou, acrescentado que a operação policial de hoje visou “a recolha de prova através da realização de seis buscas domiciliárias”, bem como a detenção de três dos jovens mais ativos, com vista à sua apresentação ao tribunal.

Segundo o comandante distrital daquela força de segurança, a PSP visualizou mais de 20.000 vídeos, bem como centenas de horas de imagens recolhidas pelas câmaras do circuito de videovigilância instaladas na cidade de Olhão, imagens que se revelaram “essenciais para a investigação”, tendo também sido ouvidas várias testemunhas.

A agressão cometida contra o imigrante nepalês em Olhão (distrito de Faro), que se tornou pública com a divulgação de um vídeo nas redes sociais, foi condenada pelas autoridades portuguesas, que consideram tratar-se de “comportamentos inaceitáveis” que têm de ser “exemplarmente punidos”.

Além da violenta agressão, que ocorreu em 25 de janeiro, o grupo roubou a mochila da vítima, que não apresentou queixa.

Conforme é visível no vídeo divulgado, o cidadão nepalês suplicou para que parassem de o agredir e lhe devolvessem pelo menos os seus documentos.

Agência Lusa

Agência Lusa

Folha Nacional

Ficha Técnica

Estatuto Editorial

Contactos

Newsletter

© 2023 Folha Nacional, Todos os Direitos Reservados